comunicacao-digital-em-condominios

 

São muitos os fatores que podem influenciar no valor mensal a ser pago.

Quer saber quanto vale o seu condomínio em SP? Determinar o valor de um condomínio geralmente é mais fácil do que avaliar um apartamento, porque provavelmente há vendas comparáveis idênticas ou quase idênticas em seu edifício.

Ao determinar o valor de um condomínio, os corretores imobiliários e avaliadores determinarão o preço por metro quadrado das vendas recentes e usarão isso como base para determinar o valor do seu condomínio.

É importante observar que, ao avaliar condomínios, quanto maior o condomínio, menor o custo por metro quadrado (conforme o condomínio fica maior, cada metro quadrado se torna menos valioso, pois há mais deles).

Quanto melhor for a vista, maior será o custo por metro quadrado (as vistas podem ser extremamente valiosas). A exposição (se a unidade está voltada para o sul, norte, leste ou oeste) afetará o valor também.

Além disso, os compradores pagarão mais por layouts com mais espaço utilizável, em vez de muitos corredores ou um grande foyer.

A qualidade da apresentação do condomínio também afetará o preço, incluindo como é organizado, quão limpo e livre de bagunça é se cheira como a caixa de areia do seu gato ou com o que você comeu no jantar.

Embora as vendas de unidades comparáveis em seu prédio sejam a consideração mais importante na avaliação de seu condomínio, seu corretor imobiliário também vai olhar para as unidades em seu prédio atualmente à venda (ou seja, a concorrência), bem como as vendas recentes e a concorrência em prédios semelhantes próximos.

O desenvolvimento de uma estratégia de preços para um condomínio é diferente de se fazer o mesmo em relação ao preço de um loft em São Paulo por alguns motivos principais. Veja-os a seguir.

 

Oferta e demanda

Como geralmente há várias unidades idênticas ou quase idênticas em um prédio, os compradores não sentirão necessariamente o desespero que muitas vezes sentem com uma casa - se eles perderem a compra de uma unidade, provavelmente haverá outra semelhante entrar no mercado em breve.

Além disso, o grande volume de apartamento à venda em condomínios disponíveis significa que há mais por onde escolher.

 

Amenidades e História

O valor do seu condomínio geralmente é mais alto se as comodidades e recursos corresponderem ao estilo da propriedade. Existe piscina ou academia? Existe estacionamento com manobrista? E quanto aos serviços de limpeza? O paisagismo inclui um jardim bem cuidado?

Outra característica que aumenta o valor é o histórico de proprietários do condomínio. Se a unidade, ou mesmo outra unidade do prédio, pertencia a uma celebridade ou pessoa conhecida, os valores do condomínio podem aumentar.

 

Desenvolvedor e tempo

A escolha de um condomínio por um incorporador conhecido por construir propriedades de alto padrão geralmente significa valores de condomínio mais altos. Para alguns compradores, a construção e os destaques arquitetônicos de um edifício serão muito importantes.

No entanto, para outros, morar em um condomínio de um desenvolvedor específico pode não estar na “lista obrigatória” e pode ser sacrificado se o preço da unidade não estiver dentro do orçamento.

O tempo é outro fator importante que afeta o valor do condomínio. Uma superabundância de condomínios à venda no centro de San Diego e condomínios que estão no mercado há muito tempo geralmente significam valores de propriedade mais baixos.

 

Localização e visualização

A localização é um dos fatores mais importantes na avaliação do valor de um condomínio.

Os condomínios próximos a vários tipos de transporte público, escolas, restaurantes e outras atividades comerciais tendem a ter preços mais altos porque oferecem aos residentes o máximo de conveniência e, em essência, comodidades adicionais.

A localização do condomínio que você está interessado em fazer uma oferta também terá um impacto no que se pode ver de dentro do imóvel.

Condomínios com vista para um parque, para o horizonte ou para a água, bem como unidades de extremidade e canto têm valores de propriedade mais elevados.

 

Há menos emoção

Muitas vezes vemos compradores de casas se apaixonarem, por exemplo, pelos vitrais originais da virada do século, quintais com paisagismo profissional ou localização privilegiada de uma determinada casa.

Com mais semelhanças do que diferenças, os condomínios tradicionais não tendem a criar as mesmas reações emocionais nos compradores. Isso não significa que as pessoas não se apaixonem por condomínios quando o valor é atrativo, entre outros fatores.

 

Outros fatores que afetam o valor do seu condomínio

Upgrades do construtor: embora não agreguem tanto valor quanto você pagou por eles, eles ajudarão a diferenciá-lo dos outros condomínios disponíveis para venda.

Reformas: geralmente não agregam muito valor a condomínios mais novos, mas podem agregar muito valor a condomínios mais antigos.

Altura do teto: mais alto é melhor.

Taxas de manutenção: se as taxas de manutenção forem significativamente mais altas do que a média, os preços geralmente serão mais baixos.

Estacionamento: geralmente adiciona um valor maior ao preço de um condomínio na área central de uma cidade.

Espaço ao ar livre: varandas e terraços estão em alta demanda.

Amenidades no edifício: enquanto alguns compradores não querem as comodidades por causa das taxas de manutenção mais altas, outros querem coisas como piscina, sala de teatro e estacionamento para hóspedes.

A proporção de locatários para proprietários: os compradores preferem edifícios de condomínio onde a maioria das pessoas que vivem neles são proprietários.

A reputação do edifício: relaciona-se com a demografia dos residentes, se é à prova de ruído, a qualidade da construção, problemas legais e a eficácia do Conselho de Administração.

 

Para investidores: pesquise o mercado imobiliário

Bons investidores sempre entendem o mercado e o que está acontecendo com ele. Isso é verdade quer você esteja investindo em ações ou residências.

Se você planeja comprar e vender um imóvel com frequência ou se tornar um proprietário e quer saber quanto pode cobrar de condomínio, geralmente faz mais sentido começar perto de onde você mora.

Isso pode reduzir os custos de viagem para as propriedades. E é mais fácil ter uma abordagem prática com seus inquilinos desta forma.

Você pode conhecer seu mercado local acompanhando as listagens de imóveis e conversando com corretores de imóveis. Você também pode verificar com empresas de desenvolvimento comunitário local que muitas áreas urbanas têm.

Essas entidades locais estão focadas na reconstrução de propriedades e frequentemente estão de olho em propriedades acessíveis.

Eles podem não estar almejando o mesmo mercado que você, mas podem fornecer algum conhecimento interno sobre quais áreas da cidade estão se desenvolvendo mais rapidamente.

 

E você, chegou a pensar que tudo isso poderia afetar o valor de um condomínio?

 

Notícia Patrocinada por: Grupo Assecom - Serviços Terceirizados de Portaria, Limpeza, Zeladoria e Recepção.

Redatora: Vanessa Nogueira, estudante de jornalismo da Universidade Positivo - UP, apaixonada por literatura e encantada pelo mundo das artes.