destaque02

destaque04

 
obras-em-condominio
A realização de obras de grande porte em condomínios requer muitos cuidados, pois o risco de ser deixado na mão durante a realização da obra é grande. Para que não haja transtornos é preciso que o síndico esteja atento aos seguintes detalhes: qual a real necessidade da obra no condomínio? A obra foi aprovada em assembleia de condomínio? Como será realizado o pagamento da obra? A empresa possui boas referências no mercado da construção civil? Como será realizada a inspeção da obra?
 
Geralmente, o principal problema enfrentado nos condomínios, principalmente os de pequeno porte, é a falta de verba para a execução de obras importantes devido ao número reduzido de unidades. Ou seja, quanto menor o condomínio, maior a dificuldade em realizar o pagamento.
 
Veja abaixo algumas dicas para realizar obras de grande porte em seu condomínio:
 
Planejamento
 
O planejamento para a execução de uma obra de grande porte é fundamental. É preciso que o síndico procure um profissional especializado para que o ajude nesta tarefa. Através do planejamento é possível verificar as etapas da obra, quais serão os materiais utilizados, a forma em que o condomínio deseja que a obra seja executada e outras informações que sejam relevantes para o andamento de todo o serviço. Com o planejamento em mãos é possível encaminhar para as empresas cotadas solicitando o orçamento.
 
Forma de Pagamento
 
Não existem créditos bancários específicos com foco em condomínios. O motivo é a inexistência de bens a serem penhorados em caso de inadimplência. Mas, existem algumas empresas no mercado da construção civil que realizam o parcelamento do valor total da obra. Ou seja, elas parcelam de acordo com a entrega da obra prevista no planejamento. Já para o pagamento da entrada, geralmente, é feito um rateio de todo o valor entre os condôminos ou é utilizado o fundo destinado a obras ou até mesmo o fundo de reservas.
 
Existem condomínios que preferem juntar toda a verba necessária para a realização de uma obra de grande porte para não haver problemas.
 
Como proceder com a empresa escolhida
 
No momento de escolha da empresa é preciso que o síndico verifique informações importantes como a sua situação financeira, referências de outros condomínios que tenham realizado serviços do mesmo porte, se a empresa possui todos os registros necessários para o seu funcionamento, se está em dia com os seus funcionários em relação a pagamentos de salário, seguro acidente, se possuem equipamentos de segurança dentro das normas exigidas. O importante é que sejam verificados todos estes itens, pois qualquer problema o condomínio também pode ser responsabilizado.
 
Ao fim da obra, a empresa deve solicitar a um profissional específico que realize a anotação de responsabilidade técnica. Esta inspeção avalia se a obra está sendo entregue conforme o planejado, conforme a lei, conforme as normas técnicas e é também um documento em que o engenheiro responsável divide todas as responsabilidades da obra com o síndico.
 
Lembrando, que existem empresas que oferecem muito desconto no valor total da obra. Neste caso, deve se desconfiar desta atitude. Geralmente, é um sinal de que a empresa esteja necessitada de dinheiro em caixa. É bom evitar o pagamento de entradas muito altas e a contratação de empresas que não emitem nota fiscal, o que é proibido e impede que qualquer reclamação seja registrada posteriormente.
 
Documentos que o condomínio deve exigir da empresa: certidões negativas de protesto em cartórios, justiça trabalhista e previdenciária e de débitos da Receita Federal, contrato social da empresa com o nome do seu responsável legal.
 
Acompanhamento da obra
 
Para que a obra seja executada da forma certa, vale a pena o condomínio investir na contratação de um profissional terceirizado para acompanhar todo o processo e fazer inspeções constantes. Com isso, o profissional pode certificar que os materiais, as intervenções acordadas e os prazos estabelecidos estão sendo feitos corretamente. Mesmo com todo este cuidado, pode ocorrer da empresa abandonar a obra do condomínio no meio do caminho. Por este motivo, é tão importante o acompanhamento da obra por um profissional terceirizado. O ideal é que fique bem claro para a empresa contratada que possui alguém acompanhando todo o trabalho.
 
Notícia Patrocinada por: CondoBox

Categorias 

lateral14

lateral09

lateral16

Scroll to top